Dá pra tomar a água das fontes de Roma?

Centenas de fontes espalhadas pela cidade, uma galera maluca que parece só encher a garrafinha… mas a maior dúvida: afinal, dá pra tomar a água das fontes de Roma?

A história da água de Roma é muito interessante e vem de tempos bem antigos, quando os romanos começaram a democratizar a água, construindo aquedutos. Dessa forma, fornecendo água mineral à população. Até hoje, alguns deles funcionam.

Mas eu posso tomar água da torneira nas casas romanas?

Sim, você pode. E quem nos disse isso foi o proprietário do apartamento que alugamos. Na verdade, logo no começo, gastávamos uma pequena fortuna em água. E estávamos atrás de um filtro. Mas como explicar o que a gente queria em nosso parco italiano? Tentamos, tentamos e quando nos fizemos ser compreendidos, ele respondeu: “Claro que existe! Você compra essa máquina, custa uns 50 euros” Um sorriso abre em nossos rostos. “Aí você pode colocar na geladeira e sempre terá água com gás em casa”.

Pois é. Ele não tinha entendido. Explicamos novamente qual era o objeto de nosso desejo. E aí, foi ele que nos ouviu com um sorriso no rosto. “Aqui não precisa disso. A água de Roma é muito boa. A água da torneira é potável”. Na sequência, ele pegou um copo do armário, encheou-o com água da torneira e tomou na nossa frente, para comprovar.

Sim, caros leitores. Gastamos dinheiro e músculos (porque comprávamos packs com 6 unidades pelo menos duas vezes por semana e andávamos do supermercado à nossa casa) à toa. Mas aprendemos a lição.

Por isso, se você ficar em um apartamento por aqui, fique tranquilo quanto a beber a água da torneira. No caso de hotel, eu vou ficar devendo uma reposta.

Mas e a água das fontes?

Bom, vamos lá. Existem fontes e fontes. Naquelas que são monumentos arquitetônicos, digamos assim, e existem muitas  espalhadas pela cidade, não aconselhamos o teste.

Rápido parênteses: na Fontana della Barcaccia, funciona, ao lado da fonte (a parte arquitetônica) uma fontanela também (tem imagens no vídeo que fizemos lá na Piazza di Spagna)

tomar a água das fontes de Roma, nasone, nasoni, fontes de Roma, água em Roma

Mas existe um outro tipo, a fontanella. Elas são pequenas e geralmente jorram água incessantemente (aliás, ainda hoje fico inconformada com isso. No Vaticano, as fontes possuem torneira – daquele tipo que para com o tempo, sabe?). Estas, sim, são potáveis. E não só potáveis, são boas, são frescas, são gostosas (sem cheiro, sem cor, nada disso!). E gratuitas.

tomar a água das fontes de Roma, nasone, nasoni, fontes de Roma, água em Roma

Aliás, já tínhamos falado sobre isso em um outro post, sobre as cinco coisas legais de se viver em Roma. A água definitivamente é uma delas.

Um pouco sobre as fontes de água potável 

Roma possui mais de 2000 fontes de água potável, espalhadas ao redor da cidade. 200 delas só no centro de Roma. Elas começaram a surgir no século XIX com a intenção de também serem levadas aos cantos mais periféricos da cidade, não apenas no centro. Aqui perto de casa (estamos a cerca de 4 ou 5 km do centro), tem uma.

Inicialmente, elas eram feitas em ferro fundido, pesavam cerca de 100kg e tinham um formato de bengala. Até por isso, até hoje são chamadas de nasone pelos romanos. Hoje em dia, existem fontes dos mais variados tipos. Inclusive, algumas mais modernas, que liberam água com gás. Vi que no Coliseu existe uma. Mas não fui lá para conferir (não sou muito chegada em água com gás).

Uma dica muito legal (que eu só fui descobrir depois de muito tempo por aqui – um beijo Keila!) é que é possível transformar o seu “enchedor de garrafinhas” em um bebedouro (para ver como, assista ao vídeo).

De qualquer forma, é uma ótima forma de se manter hidratado e ainda economizar (você compra uma garrafinha e depois só se preocupa em mantê-la cheia).

tomar a água das fontes de Roma, nasone, nasoni, fontes de Roma, água em Roma

Dá pra tomar a água das fontes de Roma? (o vídeo)

Passeamos um pouco pela cidade para mostrar como são os tais de nasone.

O aplicativo

Para ajudar quem está por aqui, existe um aplicativo que usa os seus dados de localização e aponta as fontes mais próximas. Assim, será difícil você morrer de sede (mas cuidado que às vezes pode ser difícil achar um banheiro. Também cometi esse erro no começo).

O aplicativo de água em Roma oficial é o da ACEA. E pelo que vi, existe apenas para iOS. Mas no site da empresa, é possível fazer a busca também.

tomar a água das fontes de Roma, nasone, nasoni, fontes de Roma, água em Roma

Última informação 

Em muitos restaurantes, a água natural (l’acqua naturale) é gratuita (você paga apenas se pedir de uma marca específica). Mas não existe regra para isso. É mais uma questão de cortesia por parte do restaurante (afinal, a cidade oferece água potável gratuitamente).

Recentemente, nós fomos a um restaurante que não são oferecia a água de forma gratuita, como também explicava sua relação com ela, dizendo que eles acreditam que a água é do povo. E por isso deve estar à disposição. Tinha até, no cardápio, uma frase dizendo para que as pessoas ficassem à vontade, inclusive, para encher sua garrafinhas antes de sair. Eu achei o máximo.

The following two tabs change content below.

chris_samira

Produtora de conteúdo desde 2002. Adora listas, chocolate, viajar e da canina Lili, além do Fe, com quem é casada há quatro anos. É especialista em "jogar no Google" e acha que vinho é uma questão de gosto pessoal (até porque não entende nada do assunto - só de beber mesmo). Vive indecisa quanto ao que deve fazer. Mas não acha que isso seja um problema.

Organize sua viagem para Roma com os serviços do Lá em casa tem vinho 

Desde que eu e o Fê viemos para Roma, resolvemos transformar este blog em um espaço em que pudéssemos dividir as nossas experiências. Diariamente, vamos conhecendo a cidade, aprendendo a viver nela e também mostrando aqui para você. E assim, compartilhando o que a gente vê por aqui, queremos fazer da nossa nova casa, a sua também. Além das dicas e de tudo o que postamos aqui no blog, resolvemos também ir atrás de parceiros que podem ajudar a transformar a sua viagem em uma experiência mais tranquila. A partir de agora, o LÁ EM CASA TEM VINHO te ajuda também a organizar a sua viagem para Roma.

E como a gente pode te ajudar a organizar sua viagem para Roma?

Estamos pensando em diversos aspectos. Mas queremos te oferecer possibilidades de buscar todos os produtos e serviços em um só lugar.
  • Você pode buscar a melhor tarifa de hospedagem seu hotel com nosso parceiro Booking.
  • Busca passagens de trem (e viaja de uma cidade a outra) com a nossa parceira RailEurope.
  • Reservar o seu transfer do aeroporto de Fiumicino (Leonardo da Vinci) ou Ciampino ao Termini e do Termini aos aeroportos com a Terravision.
  • Faz a cotação de seu seguro de viagem, obrigatório para quem visita diversos países europeus, signatários do Tratado de Schengen - inclusive a Itália, com o nosso parceiro SegurosPromo.
  • Compra os ingressos de todos os seus passeios antecipadamente, já se programando e evitando filas, com nosso parceiros GetYourGuide.
  • Podemos ainda acompanhar um dia de passeio e fazer fotos de você e seu grupo. Assim, não vai ter aquela história de ficar pedindo para alguém tirar a foto ou ainda sempre ter alguém do grupo que não aparece nas imagens.
  • Desconto para você visitar uma vinícola perto de Roma.
Confira aqui como a gente pode ajudar a organizar a sua viagem a Roma e os serviços que oferecemos.

Deixe uma resposta