Para entender de vinho: por onde começar

entender vinho

Está iniciando no mundo dos vinhos, mas não sabe por onde começar diante da quantidade infinita de opções e informações? Fizemos uma seleção de dicas.

Para entender de vinho: por onde começar

Informações básicas

  • O vinho é uma bebida produzida a partir da fermentação das uvas;
  • Eles podem ser tintos, brancos, roses, doces, fortificados, espumantes;
  • Um vinho feito com a predominância (de 75% a 85%) de apenas um tipo de uva é chamado de “varietal”. É super comum a produção de vinhos com mais de um tipo de uva;
  • Vinho de mesa é aquele que é feito com uvas de comer e não com uvas viníferas.
chardonnay, vinícola, parreira, para entender de vinho
Uva chardonnay

 

Produção

  • Segundo a Organização Internacional do Vinho, a Itália é a maior produtora do mundo. Em segundo lugar, vem a França. Para saber mais informações sobre produção e consumo, tem uma reportagem interessante no site português Redator, com os dados de 2016 divulgados pela OIV.
  • 12% do consumo mundial de vinho é proveniente dos Estados Unidos; 10,7% é da França;
  • De acordo com a OMS, o Brasil é o quinto país na América Latina que mais consome vinho. A América Latina só perde para a Europa em consumo;
  • O Brasil possui bons vinhos, em especial espumantes;
  • O sabor do vinho é determinado por uma série de fatores como: o estado de maturação da uva, o tipo de uva utilizada e o grau de amadurecimento e envelhecimento do vinho;
  • Uma barrica de carvalho francês custa cerca de 1000 dólares e pode ser usada até deixar de levar características fortes para o vinho.

vinícola italiana, para entender de vinho, por onde começar

Tipos de vinhos e origens

  • Há vinhos de denominação de origem: feitos com determinado tipo de uva, em determinada região, por meio de um determinado processo. É o caso de Champagne, Barolo, etc.;
  • Um vinho gasoso pode ser espumante, prosecco, champagne, dependendo do lugar de onde foi produzido, das uvas e do processo de produção.

Para servir

  • A temperatura ideal para servir vinhos tintos é entre 15ºC e 18ºC, já os brancos e espumantes podem ser apreciados numa temperatura de 7ºC a 10ºC;
  • Aquelas voltinhas na taça são feitas para aerar o vinho e evaporar o álcool;
  • O teor alcoólico não indica se um vinho é mais ou menos forte;
  • Quando você ouve que um vinho tem madeira, baunilha, frutas vermelhas, não significa que isso foi colocado dentro do vinho. O que remete a isso é a barrica na qual ele foi produzido.
degustação de vinhos, viña indómita, vinícolas no chile, vale de casablanca
Degustação na Viña Indómita

Armazenamento

  • A melhor forma de armazenar o vinho é deitado;
  • Nem todo vinho é para guarda. É preciso uma combinação de oxigênio, corpo, tanino e acidez para determinar se o vinho é bem estruturado para aguentar mais tempo evoluindo.

Mitos e verdades

  • Não é necessário saber sobre vinho para começar a beber;
  • Nem todo vinho barato é ruim. Assim como nem todo vinho caro é bom;
  • Só bebendo você vai compreendendo melhor aquilo que você gosta e o que você não gosta.

vinho dos Jogos Olímpicos, vinho das Olimpíadas, Faces, Lidio Carraro, vinho brasileiro, vinho nacional

The following two tabs change content below.

chris_samira

Produtora de conteúdo desde 2002. Adora listas, chocolate, viajar e da canina Lili, além do Fe, com quem é casada há quatro anos. É especialista em "jogar no Google" e acha que vinho é uma questão de gosto pessoal (até porque não entende nada do assunto - só de beber mesmo). Vive indecisa quanto ao que deve fazer. Mas não acha que isso seja um problema.

Organize sua viagem para Roma com os serviços do Lá em casa tem vinho 

Desde que eu e o Fê viemos para Roma, resolvemos transformar este blog em um espaço em que pudéssemos dividir as nossas experiências. Diariamente, vamos conhecendo a cidade, aprendendo a viver nela e também mostrando aqui para você. E assim, compartilhando o que a gente vê por aqui, queremos fazer da nossa nova casa, a sua também. Além das dicas e de tudo o que postamos aqui no blog, resolvemos também ir atrás de parceiros que podem ajudar a transformar a sua viagem em uma experiência mais tranquila. A partir de agora, o LÁ EM CASA TEM VINHO te ajuda também a organizar a sua viagem para Roma.

E como a gente pode te ajudar a organizar sua viagem para Roma?

Estamos pensando em diversos aspectos. Mas queremos te oferecer possibilidades de buscar todos os produtos e serviços em um só lugar.
  • Você pode buscar a melhor tarifa de hospedagem seu hotel com nosso parceiro Booking.
  • Busca passagens de trem (e viaja de uma cidade a outra) com a nossa parceira RailEurope.
  • Reservar o seu transfer do aeroporto de Fiumicino (Leonardo da Vinci) ou Ciampino ao Termini e do Termini aos aeroportos com a Terravision.
  • Faz a cotação de seu seguro de viagem, obrigatório para quem visita diversos países europeus, signatários do Tratado de Schengen - inclusive a Itália, com o nosso parceiro SegurosPromo.
  • Compra os ingressos de todos os seus passeios antecipadamente, já se programando e evitando filas, com nosso parceiros GetYourGuide.
  • Podemos ainda acompanhar um dia de passeio e fazer fotos de você e seu grupo. Assim, não vai ter aquela história de ficar pedindo para alguém tirar a foto ou ainda sempre ter alguém do grupo que não aparece nas imagens.
  • Desconto para você visitar uma vinícola perto de Roma.
Confira aqui como a gente pode ajudar a organizar a sua viagem a Roma e os serviços que oferecemos.

Deixe uma resposta