Documentos para entrar na Itália

documentos para entrar na Itália

Está vindo para a Europa? No post de hoje a gente conta quais documentos apresentar para entrar na Italia – e ficar tranquilo na sua viagem.

Quando o assunto é imigração, ainda mais nos dias de hoje, todo mundo fica um pouco receoso, principalmente quem nunca viajou para um determinado país. Para ajudar quem está vindo para a Itália, fizemos uma lista com os documentos que você deve apresentar para entrar por aqui.

Antes de mais nada… A primeira coisa a dizer é que todo cidadão brasileiro não precisa de visto para entrar na Itália. Isso porque o país permite que o brasileiro fique por aqui por até 90 dias.

A segunda coisa é que só porque essa lista existe, não significa que você será abordado pelo oficial da imigração e ser questionado item por item. Mas existe a possibilidade. E para que você não viaje preocupado, a relação está aqui.

Documentos para entrar na Itália

#1 Passaporte válido por três meses após a sua saída do país

A Itália é um dos países europeus signatários do Tratado de Schengen. E por isso exige que o passaporte brasileiro seja válido por três meses contados a partir da data da sua saída do país (não da entrada, atenção a isso).

passaporte brasileiro, como é vive em Roma, documentos para entrar na Itália

#2 Seguro-viagem

O seguro-viagem é obrigatório em todos os países europeus signatários do Tratado de Schengen. A Itália é um deles. O seguro deve oferecer cobertura de pelo menos 30 mil euros (ou 50 mil dólares). Além de assistência médica, deve garantir a repatriação funerária. Ele é super importante porque você nunca sabe quando precisará de atendimento médico. E já pensou gastar uma fortuna (em euros) para ser atendido em um hospital?

 

#3 Comprovante de recursos durante sua estada

Para entrar na Itália, você deve comprovar que tem recursos financeiros que garantam o seus sustento durante os dias em que estará no país. Necessariamente você não precisa mostrar o dinheiro vivo, pode ser cartão de crédito internacional, travel money… O valor varia conforme o tempo da sua estada.

documentos parsa entrar na Itália

 

#4 Comprovante de hospedagem

Você deve ter algo que comprove o local onde ficará hospedado. Pode ser a reserva do hotel (e se você ainda não sabe onde vai se hospedar, dê uma olhada no Booking e procure o melhor preço) ou do apartamento alugado (caso seja Airbnb, por exemplo). Ou ainda uma carta-convite redigida por um cidadão italiano ou cidadão legalmente residente no país, acompanhada de uma cópia do documento de identidade de quem está convidando.

 

#5 Passagem do voo de volta

A passagem de retorno sempre deve ser comprada para até 90 dias após a data da sua entrada em território italiano. Ou você deve ter uma boa justificativa para não apresentá-la. A gente contou aqui como foi a nossa chegada na Itália no começo do ano, quando tanto eu quanto o Fê fomos abordados em algum momento. O Fê não tinha passagem de retorno. Eu tinha e mesmo assim tive que me explicar.

 

Pesquisa feita em maio de 2017. o blog não se responsabiliza por eventuais mudanças. 

The following two tabs change content below.

chris_samira

Produtora de conteúdo desde 2002. Adora listas, chocolate, viajar e da canina Lili, além do Fe, com quem é casada há quatro anos. É especialista em "jogar no Google" e acha que vinho é uma questão de gosto pessoal (até porque não entende nada do assunto - só de beber mesmo). Vive indecisa quanto ao que deve fazer. Mas não acha que isso seja um problema.

Organize sua viagem para Roma com os serviços do Lá em casa tem vinho 

Desde que eu e o Fê viemos para Roma, resolvemos transformar este blog em um espaço em que pudéssemos dividir as nossas experiências. Diariamente, vamos conhecendo a cidade, aprendendo a viver nela e também mostrando aqui para você. E assim, compartilhando o que a gente vê por aqui, queremos fazer da nossa nova casa, a sua também. Além das dicas e de tudo o que postamos aqui no blog, resolvemos também ir atrás de parceiros que podem ajudar a transformar a sua viagem em uma experiência mais tranquila. A partir de agora, o LÁ EM CASA TEM VINHO te ajuda também a organizar a sua viagem para Roma.

E como a gente pode te ajudar a organizar sua viagem para Roma?

Estamos pensando em diversos aspectos. Mas queremos te oferecer possibilidades de buscar todos os produtos e serviços em um só lugar.
  • Você pode buscar a melhor tarifa de hospedagem seu hotel com nosso parceiro Booking.
  • Busca passagens de trem (e viaja de uma cidade a outra) com a nossa parceira RailEurope.
  • Reservar o seu transfer do aeroporto de Fiumicino (Leonardo da Vinci) ou Ciampino ao Termini e do Termini aos aeroportos com a Terravision.
  • Faz a cotação de seu seguro de viagem, obrigatório para quem visita diversos países europeus, signatários do Tratado de Schengen - inclusive a Itália, com o nosso parceiro SegurosPromo.
  • Compra os ingressos de todos os seus passeios antecipadamente, já se programando e evitando filas, com nosso parceiros GetYourGuide.
  • Podemos ainda acompanhar um dia de passeio e fazer fotos de você e seu grupo. Assim, não vai ter aquela história de ficar pedindo para alguém tirar a foto ou ainda sempre ter alguém do grupo que não aparece nas imagens.
  • Desconto para você visitar uma vinícola perto de Roma.
Confira aqui como a gente pode ajudar a organizar a sua viagem a Roma e os serviços que oferecemos.

Deixe uma resposta