Bucatini com molho de camarão

bucatini ao molho de camarão, almoço de domingo

Segunda-feira é dia de gastronomia no LÁ EM CASA TEM VINHO, com a seção Feito em Casa.

O Fe trabalhou no sábado neste fim de semana. Então, no domingo, foi dia de comer comida boa. E tivemos como convidados um casal de amigos que está começando a se aventurar no universo dos vinhos (bem time!).

Cardápio

O cardápio foi simples e escolhido, como o Fe sempre faz, em questão de poucos segundos (não sei como ele faz isso! Eu sou tão indecisa… começo a pesquisar loucamente no Google e não consigo chegar a qualquer conclusão. Odeio isso!).  A minha parte fica mesmo com as fotos (estou aprendendo, tá?), com a parte de arrumar a mesa e lavar a louça (se bem que desta vez eu até fiz uma entradinha!).

mesa posta, tolha de mesa, toalha de chita
Minha toalha de chita (amo chita!), toda colorida, e um guardanapo vermelho, mais rústico para completar
taça bico de jaca, taça para vinho branco, taça para água
As taças: uma de água (a maior – da minha coleção linda de bico de jaca – como eu adoro bico de jaca! queria ter de todas as cores!) e a tacinha de vinho branco ali só esperando ser usada

Entrada: aperitivos portugueses e bruschetta

De entrada, petiscos portugueses trazidos por vovô Gil direto de Portugal (avô da Carol, português que acabou de retornar de um período de férias lá da Guarda). Todos caseiros, feitos pela família da Carol lá de Portugal. Teve calabresa apimentada e sem pimenta, presunto cru, queijo de cabra e queijo de… algum outro bichinho, mas que estava D-E-L-I-C-I-O-S-O. Aliás, tudo estava muito bom. Adoramos quando vovô Gil retorna de viagem.

petiscos portugueses, comida da Guarda,
Petiscos portugueses: da Guarda direto pra casa da Carol (e como a gente gosta muito, ela trouxe pra gente comer também! Vocês não têm ideia do quanto esse queijo é bom)

Depois, foi vez da bruschetta. E feita por mim (olha que orgulho!). Super fácil de fazer: pão italiano cortado em fatias de pelo menos um dedo, tomate temperado cortado em cubinhos e fatias finas de queijo canastra (amo!!!) e um fio de azeite no final. Joga no forno e só espera gratinar. Simples e gostoso demais.

bruschetta, queijo canastra
Essa bruschetta (com queijo canastra) estava muito boa (e o melhor de tudo: eu que fiz!)

Prato principal: buscatini com molho de camarão rosa

O prato principal não teve jeito: ficou sob responsabilidade do Fe. O tema do vídeo (sim, gravamos – ou pelo menos tentamos gravar – nossos vídeos aos domingos) foi vinho branco. Por isso, escolhemos um bucattini com molho de camarão rosa. Eu não como camarão (não gosto da textura, não tem jeito!), mas o Fe ama. Os camarões compramos há algum tempo lá no mercado de Santos, e estava congelado. Só esperando o momento certo de ser preparado.

camarão rosa
O camarão rosa (antes e depois da limpeza – eu confesso que acho essa parte bem nojenta)

O molho é super simples: leite, farinha de trigo, manteiga, cebola, alho, noz moscada, pimenta e sal. Depois é a vez de selar os camarões no azeite antes de colocar no molho. Por fim, mistura tudo no molho, acrescenta o bucatini já cozido e forno. Ah! E muito queijo para gratinar também (queijo, assim como pão, é vida!).

molho branco, molhod e camarão
O molho branco do Fe (leite, farinha, cebola, alho, noz moscada, sal, pimenta e depois um monte de camarão pra felicidade do Fe)

 

camarão rosa, camarões selados
Não sou fã de camarão, mas eles ficaram lindos depois de selados (com essa cor alaranjada)

 

bucatini com molho de camarão
O resultado: bucatini com molho de camarão (tirando o camarão estava delicioso!)

Sobremesa: sorvete com chocolate na massa folhada

De sobremesa, a minha preferida de todos os tempos (sobre a qual já tinha mencionado aqui – só que desta vez o sorvete foi comprado mesmo). Chocolate amargo na massa folhada (corta a barrinha, faz a trança e pincela ovo em cima para dourar quando for pro forno) e sorvete (por mim, poderia ter sido só a sobremesa que eu já estaria feliz). Beijo pro Tastemade Brasil (e pra Mari que me apresentou a iguaria).

chocolate amargo na massa folhada, sobremesa simples, sobremesa de chocolate
A foto não faz jus ao sabor. Essa é a mlehor (e mais fácil) sobremesa de todos os tempos.

O vinho

Pra acompanhar, um Valdavige, vinho de denominação de origem controlada feito com a uva Pinot Grigio, da vinícola italiana Santa Margherita.

vinho italiano, Santa Margherita, Pinot Grigio
O segundo vinho almoço (escolhido pela Carol): o italiano Valdavige, da vinícola Santa Margherita, feito com a uva Pinot Grigio

Mas antes rolou um Gio, da Gerard Bertrand – vinho sobre o qual a gente fala no vídeo desta semana (quinta-feira, 10h, está no ar lá no canal do YouTube e às 11h aqui no blog).

gio, grenache, vinho francês
O vinho escolhido pelo Fe: Gio grenache do sul do França. Combinou perfeitamente com o cardápio do dia (and não me deu queimação, o que é o mais importante)

Estava tudo muito bom. Deu até pra ficar triste depois de comer tudo. Estava pronta pra dormir (quer coisa melhor do que dormir depois do almoço de domingo?). Mas não deu tempo não. Ainda era hora de parar para  escrever os posts e organizar a casa.

Comida boa de novo só semana que vem. Ainda bem porque é muito calórico.

The following two tabs change content below.

chris_samira

Produtora de conteúdo desde 2002. Adora listas, chocolate, viajar e da canina Lili, além do Fe, com quem é casada há quatro anos. É especialista em "jogar no Google" e acha que vinho é uma questão de gosto pessoal (até porque não entende nada do assunto - só de beber mesmo). Vive indecisa quanto ao que deve fazer. Mas não acha que isso seja um problema.

Organize sua viagem para Roma com os serviços do Lá em casa tem vinho 

Desde que eu e o Fê viemos para Roma, resolvemos transformar este blog em um espaço em que pudéssemos dividir as nossas experiências. Diariamente, vamos conhecendo a cidade, aprendendo a viver nela e também mostrando aqui para você. E assim, compartilhando o que a gente vê por aqui, queremos fazer da nossa nova casa, a sua também. Além das dicas e de tudo o que postamos aqui no blog, resolvemos também ir atrás de parceiros que podem ajudar a transformar a sua viagem em uma experiência mais tranquila. A partir de agora, o LÁ EM CASA TEM VINHO te ajuda também a organizar a sua viagem para Roma.

E como a gente pode te ajudar a organizar sua viagem para Roma?

Estamos pensando em diversos aspectos. Mas queremos te oferecer possibilidades de buscar todos os produtos e serviços em um só lugar.
  • Você pode buscar a melhor tarifa de hospedagem seu hotel com nosso parceiro Booking.
  • Busca passagens de trem (e viaja de uma cidade a outra) com a nossa parceira RailEurope.
  • Reservar o seu transfer do aeroporto de Fiumicino (Leonardo da Vinci) ou Ciampino ao Termini e do Termini aos aeroportos com a Terravision.
  • Faz a cotação de seu seguro de viagem, obrigatório para quem visita diversos países europeus, signatários do Tratado de Schengen - inclusive a Itália, com o nosso parceiro SegurosPromo.
  • Compra os ingressos de todos os seus passeios antecipadamente, já se programando e evitando filas, com nosso parceiros GetYourGuide.
  • Podemos ainda acompanhar um dia de passeio e fazer fotos de você e seu grupo. Assim, não vai ter aquela história de ficar pedindo para alguém tirar a foto ou ainda sempre ter alguém do grupo que não aparece nas imagens.
  • Desconto para você visitar uma vinícola perto de Roma.
Confira aqui como a gente pode ajudar a organizar a sua viagem a Roma e os serviços que oferecemos.

Deixe uma resposta